FR / EN / PO

As aldeias do Val de Bagnes

A comuna de Bagnes é composta de 20 aldeias e vilas. Aqui está um resumo de cada um deles.

Bonatchiesse

A aldeia de Bonatchiesse, situa-se na margem direita da Dranse, entre Fionnay e Mauvoisin, protegida pela floresta do Coui, não está habitada durante todo o ano. O acesso no inverno é realmente muito difícil, por causa de numerosos corredores de avalanche. Por outro lado, no verão muitas atividades são oferecidas. Observe a presença de um parque de campismo na floresta e no dominio da apicultura, uma estação federal de fertilização das rainhas.

Altitude: 1'577 m

Bruson

Bruson é o segundo resort de esqui de Bagnes. As pistas são orientadas a nordeste, sudeste e leste, e oferece condições de neve excepcionais. A vida de Bruson também está intimamente relacionado com a agricultura, como lhe prova o dominio experimental des Fougères, onde especialistas estão desenvolvendo diferentes variedades de frutos e plantas medicinais.

Altitude : 1500 m
População : 351 habitantes
Padroeiro: St-Michel (8 de maio)

Champsec

Champsec se reconhece sem dúvida, se aconchegou no pé de uma pequena colina, onde se situa a capela. Com a sua posição dominante, tem tido mais sorte do que o resto da aldeia, que foi quase totalmente arrasada após a derrocada do Gietroz em 1818. Champsec também abriga o museu dedicado ao fogão de pedra,que é típico do Vale onde alguns simplesmente chamá-lo « Le Bagnard ».

Altitude : 900 m
População : 295 habitantes (incluindo La Montoz)
Padroeiro: St-Bernard (15 de junho)

Fionnay
Última aldeia situada no alto do Vale de Bagnes, Fionnay é o ponto de partida para muitas caminhadas em direção de Louvie ou de Panossière. Seus mazots, que servem principalmente residência de verão se aconchega entre o pé do monte e do lago artificial que faz parte do complexo hidroelétrico de Mauvoisin, o mais alto barragem na Europa, que se eleva rio cima e que estabelece um propósito de excursão interessante durante o verão. Aliás, vale a pena parar na pequena aldeia de Bonatschiesse (ver acima), onde a Dranse areja por uma bandeja coberta com lariço.

Altitude : 1490 m
População: 33 habitantes

Fontenelle

A meio caminho entre Le Chable e Verbier, Fontenelle consiste em duas partes : Parte inferior Fontenelle de baixo e Fontenelle de cima. A partir do cimo da aldeia, você pode atingir a Capela des Vernays, situada no terraço que domina o Vale. Esta capela foi construída em 1950 graças o trabalho de voluntários por meio de mil dias dedicada a Notre Dame des Ardents.

Altitude :  1050 m
População: 91 pessoas
plano

Le Châble

O Chable é a capital do município de Bagnes e abriga a Administração Municipal. O edifício municipal está localizado no coração da aldeia, em um batimentos recentemente renovado para torná-lo um lugar agradável para se encontrar. O Chable tem vários edifícios notáveis, como a igreja gótica do século XV, que abriga uma Via Sacra feita pele o pintor Félix Cortey, ou a velha casa paroquial que tornou-se no Museu de Bagnes e tal como a abadia datando de 1646 .

Altitude : 820 m
População : 477 habitantes
Patrono: St-Maurice
plano

O Cotterg

O Cotterg está a montante de Villette e também ele apresenta um elemento importante da vida: o forno. Antigamente, cada aldeia tinha um forno. Cada família tinha a sua "virada" para cozer pão. Bem preservado, o forno assado do Cotterg ainda regularmente lotes de pão de centeio o Cressin. Passeando pelas ruas estreitas, encontramos a atmosfera serena da vida antiga.

Altitude : 870 m
População: 237 habitantes
plano

O Fregnoley

Aldeia isolada entre Champsec e Lourtier, o Fregnoley também dá seu nome a uma torrente, de onde as aguas foram capturadss pele a usina hidroelétricas de Champsec.

Altitude : 996 m
População: 14 habitantes

Les Places

Separado em duas partes distintas – Les Places de baixo e les Places de cima – que faz a conexão entre Versegères e la Montoz. A passagem do famoso contrabandista e falsificador do Val d'Aosta Farinet (1845 - 1880) tem sido relatada em uma pequena taberna da aldeia.

Altitude : 881 m (Les Places de cima)
População: 68 habitantes

o Sapey

No centro do Chable, a estrada leva dois sentidos, na margem esquerda : segue a Dranse para o alto Val de Bagnes, ou ele segue en direção a Bruson, a outra estação do Val. Antes de chegar lá, ela cruza no Sapey, tradicional aldeia.

Altitude : 960 m
População: 147 habitantes

Lourtier

Lourtier parece controlar o acesso o Val de Bagnes. A aldeia ocupa de fato o último patamar antes dos dois lados que se apertam da Dranse. Em 1932, o construção da igreja projetada pelo arquiteto Alberto Sartoris valeu a Lourtier de fazer a primeira pagina da imprensa nacional. Seu telhado também detonou no meio desta aldeia de montanha. Lourtier é a aldeia que viu  nascer o Jean-Pierre Perraudin, o inventor da teoria das geleiras e de onde a casa se tornou o Museu das geleiras

Altitude : 1070 m
População: 382 habitantes
Patrono: St-Jorge (23 de abril)

Mauvoisin

Real aldeia durante a construção da barragem e das instalações (1947 - 1964), Mauvoisin (1840 m) constitui o ponto final da estrada que cruza o Vale de Bagnes. O hotel de Mauvoisin, construído em 1862, ainda está em funcionamento e é agora o mais antigo da cidade.
A capela de Mauvoisin é uma antiga torre de vigia dos seigneurs de Quart  do Vale d’Aosta, transformado no século XVIII. Quanto à barragem, note que é a maior barragem abóbada na Europa (250 m) e pode aguentar até 205 mio de m3 de água.

Altitude: 1840 m

Mayens Bruson

Louis Courthion escreveu em 1907: «Si les mayens qui s'élèvent sur la rive gauche jusqu'au Six-Blanc n'offrent pas le coup d'oeil unique des mayens de Verbier, ils se signalent par d'autres charmes et par des aspects plus changeants. Moins ensoleillées, ces pentes offrent en revanche une valeur continue, avec plus d'intimité et de mystère. Les deux principaux chemins qui parcourent les étendues herbeuses ou boisées se rencontrent aux mayens de Moay, riches en beaux points de vue et en retraites, dont le choix serait à signaler au même titre que Clambin à ceux qui entreprendraient d'élever des hôtels ou pensions à une clientèle fidèle et stable».
Em 1961, a empresa "teleférico dos Mayens de Bruson SA" foi criada. Um ano depois, o teleférico la Côt/Moay, o teleférico de la Pasay (mais tarde substituído por um telesiège) e o teleférico Bruson /La Côt são postos em andamento. Em 1976, o teleférico do Grand Tsai completa os primeiros investimentos de palco.

Hoje, a estratégia de desenvolvimento dos Mayens de Bruson é um das estacas mais importante para o município de Bagnes. A administração municipal de Bagnes apoia fortemente o desenvolvimento previsto concedendo isto um compromisso financeiro importante. Graças a conexões de qualidade com o Le Chable e Verbier, esta região pode ser considerada uma área de Verbier, projetado em um ambiente acolhedor e tranquilo durante todo o ano.

Altitude : 1500 m
População: 83 habitantes

Médières

Última aldeia na estrada que sobe a Verbier, Médières constrasta com o seu aspecto tradicional com a modernidade da metrópole turísticas. Muitos de seus mazots queimados pelo sol ainda abriga outra multidão da raça famosa de Hérens. Tambem se encontra quabras.

Altitude : 1280 m
População: 223 habitantes
Patrono: St-Jean
plano

Montagnier

Montagnier está localizado na margem direita da Dranse, mas mais acima do vale. Antigamente, também separado do Chable, a aldeia faz agora também parte do aglomerado da capital. Com uma excelente localização, Montagnier tornou-se um lugar muito apreciado de residência. Isso também explica que a comuna instalou o lar para idosos chamada a Providência.

Altitude : 840 m
População: 530 habitantes (incluindo Le Diablay)
Patrono: St-Etienne (26 de dezembro)

Prarreyer

Prarreyer é uma aldeia onde as tradições ainda estão muito vivas. A primeira delas é, certamente, a procriação das vacas da raça de Hérens. O grupo de jovens da aldeia também atribui grande importância para os fazer reviver. Em cada grande festap, tal como dia 1 de agosto, eles se esforçam para cozinhar pratos típicos de qual é passado oralmente de gerações em gerações.

Altitude : 860 m
População: 318 habitantes (incluindo Martinet, O Liappey e O Creusy)

Sarreyer

Penduradas nas encostas soalheiras da margem direita, os Mazots de Sarreyer são certamente os mais queimados de sol. No calor do verão, as ruas da aldeia estão imbuídos de um calor bastante Mediterrâneo. Ao sair da aldeia, pele a estrada chamada Route du Soleil, um moinho enche várias funções utilizando apenas a força da água do rio próximo para alimentar uma serra, um foulon para frutas e um moinho de grãos : é a Scie et Moulin de Sarreyer!

Altitude : 1240 m
População: 257 habitantes
Patrono: St-André (30 de novembro) 

Verbier

Aldeias nas montanhas que ainda conserva um caráter alpinas com seus chalés de madeira e pedra, as estação de Verbier conta 50.000 habitantes, no mais forte da temporada turística. Tudo gira em Verbierà volta dos esportes de neve. No verão esta animado por grandes eventos, como o Festival Verbier e o concurso hípico nacional. Há também um campo de golfe de 18 buracos, um centre de polysportif e tambem o Museu alpino.
A estação de Verbier é construída sobre uma área idílica no sul, anfiteatro reais investidos exclusivamente até os anos 1930 para as pastagens e mayens. A aldeia, é separada da estação, incluindo o distrito de Bry.

Altitude da  estação : entre 1450 e 1700 m
Altitude da praça central : 1.500 m
Altitude da aldeia : 1400 m
População: 2996 pessoas
Padroeiro : St-Barthélémy

plano

Versegères

Desde os anos 70, a aldeia de Versegères tem um embaixador mundialmente famoso : Roland Collombin. Este campeão de esqui tomou o nome de sua aldeia em todo o mundo, graças a diversas vitórias na descida mítica de Kitzbühel e sua medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sapporo em 1972. A aldeia manteve as suas características e um passeio por suas ruas que se cruzam oferece um momento de relaxamento e paz.

Altitude: 890 m
População: 410 habitantes
Patrono: St-Pierre (1 de Agosto)

Villette

Antigamente separada do Chable, a aldeia de Villette agora faz parte da área urbana do centro administrativo, como o Cotterg. Localizada na margem direita da Dranse de Bagnes, Villette inclui casas tradicionais amontoados umas em cima das outras. Uma delas, a casa velha, este habitat tradicional da região, como tambem as numerosas ferramentas que datam do tempo quando a agricultura era a principal atividade econômica. Sempre no centro de Villette, a fougon com maçãs e o travesseiro de forja demonstram a ingenuidade dos antigos, que aproveitaram a energia da torrente.

Altitude : 820 m
População: 778 habitantes
plano
 

© Design: www.laligne.ch / Produção : www.axianet.ch